Troca de correia dentada do Pálio 1.6 16V, Weekend 1.6 16V, Strada 1.6 16V,

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Troca de correia dentada do Pálio 1.6 16V, Weekend 1.6 16V, Strada 1.6 16V,

Mensagem  Fabrício Coimbra Kamikaze em Sab Nov 12, 2011 5:44 pm

Troca de correia dentada do Pálio 1.6 16V, Weekend 1.6 16V, Strada 1.6 16V,

Motores 1.6 16 válvulas
Pálio 1.6 16V, Weekend 1.6 16V, Strada 1.6 16V, Brava 1.6 16V e Siena 1.6 16V


;Condição de sincronismo da correia dentada
Quando o primeiro cilindro está em ponto morto superior - PMS (no final da fase de compressão), os rasgos existentes na parte traseira dos eixos comandos de válvulas devem se encaixar perfeitamente nos ressaltos das ferramentas de alinhamento (figura 2).
>>Procedimento para verificação do sincronismo da correia dentada
Retire a bobina de ignição e as tampas traseiras dos eixos comandos de válvulas;
Gire manualmente o motor, de modo que os rasgos existentes na parte traseira dos eixos comandos de válvulas se encaixem perfeitamente nos ressaltos das ferramentas de alinhamento (figura 2);
Nessa condição, as marcas existentes na polia do virabrequim devem alinhar-se simultâneamente com a referência existente na capa da correia dentada e com o sensor de rotação (figura 1);



Caso seja verificado sincronismo incorreto ou se deseje substituir a correia dentada, execute o procedimento a seguir.
>>Procedimento para substituição da correia
Com a correia dentada sincronizada (conforme descrito anteriormente nos itens 2 e 3), retire as correias auxiliares da bomba da direção hidráulica, compressor do ar condicionado e alternador (se existirem);
Remova a proteção inferior do volante e posicione a ferramenta específica para travamento da árvore de manivelas (figura 3);
Com a árvore de manivelas travada, solte a porca de fixação da polia do virabrequim (roda fônica) e retire-a;
Retire a tampa protetora da correia dentada;
Solte a porca de fixação do tensor da correia dentada (figura 4) e remova a correia;
Com o auxílio de uma ferramenta de travamento (figura 5), afrouxe os parafusos das polias dos comandos. Feito isso, pode-se observar que há uma folga entre os rasgos e as chavetas das mesmas. Com as polias livres, gire-as manualmente no sentido horário até o final do curso da folga;
110
180 N.mInstale a correia nova no sentido anti-horário, começando pela engrenagem do virabrequim;
Tensione a correia dentada. Para tensioná-la, utilize uma ferramenta específica que deve ser instalada no lugar do parafuso existente acima do tensionador (figura 4). Force a ferramenta contra o tensionador de modo que o mesmo atinja a posição normal de tensionamento (figura 6). Feito isso, aperte a porca de fixação do tensionador (torque recomendado 25 N.m ou 2,5 Kgf.m);
Utilizando-se da ferramenta de travamento, aperte as polias dos comandos (torque recomendado 110 N.m ou 11 Kgf.m - figura 5);
Reinstale a polia do virabrequim ou roda fônica (torque recomendado 180 N.m ou 18 Kgf.m);
Remova a ferramenta utilizada para tensionamento, a ferramenta de fixação da árvore de manivelas (instalada no volante do motor) e a ferramentas de sincronismo dos eixos comandos;
Dê dois giros manuais no motor e confira as condições de sincronismo e tensionamento da correia (figuras 1, 2 e 6);





Se tudo estiver OK, reinstale o que foi retirado;


Fabrício Coimbra Kamikaze
Promoter
Promoter

Mensagens: 50
Data de inscrição: 11/10/2011
Idade: 35
Localização: Ubatuba - SP

Ver perfil do usuário https://plus.google.com/u/0/photos/104067932215383009246/albums?

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum